Como evitar quedas em casa com idosos

Atualizado: Jan 16

As quedas envolvendo idosos são um problema de saúde pública, uma vez que geram grande impacto na sociedade porque, além de causar ferimentos e hospitalização, são a principal causa de morte acidental entre os idosos. Isso ocorre pois, após uma séria fratura, é comum passarmos por longos períodos hospitalizados, o que pode causar problemas como: pneumonia, infarto e trombose.


As mulheres são as que mais sofrem com as consequências das quedas, pois a incidência de osteoporose nelas é mais comum, e de fraturas vertebrais, no punho e no quadril, portanto, é maior.


Seguindo recomendações simples, podemos evitar lesões e também melhorar muito a capacidade funcional das pessoas com mais de 65 anos.


Para evitar as quedas, precisamos entender quais são as principais causas; para facilitar o entendimento, podemos dividi-las em duas categorias: causas internas e causas externas.


Causas internas


  • Idade - Quanto mais velhos, maior o risco de quedas. Portanto, como não podemos alterar a nossa idade, para combater essa causa, devemos aumentar o cuidado com o passar dos anos;

  • Medicamentos - O uso de alguns medicamentos pode afetar diretamente o nosso equilíbrio. Portanto, quando perceber que está com dificuldade de andar ou mesmo que está começando a cair, é importante consultar um médico para avaliar a medicação prescrita;

  • Condição de saúde - Algumas doenças, como: problemas de pressão arterial, diabetes, e doenças neurológicas, articulares ou musculares podem afetar muito o equilíbrio. Nesse caso, também é necessário consultar um médico para controlar essas alterações de saúde;

  • Sedentarismo - Quando ficamos muito tempo sem nos movimentar, nosso corpo começa a enfraquecer e, consequentemente, perdemos várias capacidades funcionais, o que gera maior risco de queda. Iniciar uma prática regular de exercícios aeróbicos, de força e equilíbrio é fundamental para combater essa causa;

  • Deficiência nutricional - A alimentação deve ser equilibrada, pois, quando falta algum nutriente importante, nossos músculos ficam mais fracos, o que aumenta muito o risco de cair. Para verificar se a nutrição está adequada, confira com o médico ou com o nutricionista o cardápio.

  • Deficiência visual - É comum, com o envelhecimento, o surgimento de problemas de visão diminuindo a definição e também o ângulo visual. É recomendado consultar um oftalmologista periodicamente para fazer as correções possíveis.

  • Doenças ortopédicas - Quando sentimos dor para nos movimentar, acabamos fazendo alterações posturais que podem reduzir nosso equilíbrio. Portanto, quando tiver alguma queixa de dor nos músculos ou articulações, avalie com o médico e inicie o tratamento o mais rápido possível.


Causas externas


Além de problemas internos, podemos sofrer quedas por motivos externos, dentre os quais os mais comuns são: iluminação inadequada, superfícies escorregadias, tapetes soltos ou com dobras, degraus altos ou estreitos, obstáculos no caminho (móveis baixos, pequenos objetos, fios), ausência de corrimãos em corredores e banheiros, prateleiras excessivamente baixas ou elevadas, roupas e sapatos inadequados, via pública mal

conservada com buracos ou irregularidades e órteses inapropriadas.

As causas externas são tão importantes e preocupantes quanto as causas internas, já que oferecem o mesmo risco. Porém, são de fácil correção, uma vez que qualquer pessoa pode fazer essas melhorias. Bem diferente das causas internas; para corrigir essas, precisamos consultar um médico ou profissional de saúde.


Solução


  • Consultar um médico para avaliar se as medicações ou outros possíveis problemas de saúde podem estar influenciando nas quedas.

  • Implementar a prática regular de exercícios físicos, incluindo exercícios de força e exercícios específicos para equilíbrio.

  • Realizar as correções estruturais, como instalar barras de apoio (principalmente no banheiro), eliminar os tapetes soltos, retirar obstáculos pequenos do caminho e evitar a utilização de calçados inadequados como chinelos e pantufas que possam escorregar ou sair do pé.


Para tornar acessível, para toda a população, os exercícios para equilíbrio, eu preparei uma série de exercícios específicos para idosos. Para encontrar, é muito simples, utilize o link abaixo ou pesquise no YouTube "Aurélio Alfieri equilíbrio”.


Link para os vídeos de equilíbrio: https://www.youtube.com/watch?v=IqenhLvQxJk&list=PL67RZMGTVwyX5QFm24RG4JjP1dTRCmCHq


Contato

Av. Vicente Machado, 2855 - Loja 1
Batel - Curitiba/PR

© 2020. Criado com Wix.com